Fórum de Cultura da Chapada Diamantina

Notifications
Clear all

Que Paulo Gustavo queremos para Palmeiras?

10 Posts
8 Usuários
1 Likes
271 Visualizações
(@joaoweber)
Membro
Entrou: 2 anos atrás
Posts: 6
Topic starter  

Me auto-convido a opinar sobre o quê quero para Palmeiras através da Lei Paulo Gustavo. Também repasso a pergunta: que Paulo Gustavo queremos para Palmeiras?


   
Citar (Quote)
(@joaoweber)
Membro
Entrou: 2 anos atrás
Posts: 6
Topic starter  

Quero uma Paulo Gustavo que possa beneficiar fazedores, as de cultura da região de Palmeiras. Fazedores, as, que terão, caso aprovados, as, possivelmente uma verba que será, mais bem, um complemento financeiro de qualquer projeto que venha a ser executado.

Desejo que a curadoria seja imparcial quanto aos projetos inscritos e que tenhamos contemplado: acessibilidade, inclusão social, digital, Pcds. Desejo que tenhamos diversidade de gênero, raça, de LGBTQIA+ nos projetos.

Desejo que a verba da Paulo Gustavo de Palmeiras contemple o setor audiovisual da região tentando valorizar trabalhadores, as, da área. Desejo que outras modalidades artísticas sejam contempladas pelos recursos da Paulo Gustavo, com suas devidas proporções já estabelecidas pelo decreto.


   
Jatobá reacted
ResponderCitar (Quote)
(@pablo-molina)
Membro
Entrou: 1 ano atrás
Posts: 1
 

Quero uma lei que possa beneficiar aos muitos trabalhadores e trabalhadoras da cultura da região de Palmeiras. Caeté Açu é muito rico em projetos culturais e é de muita importância que sejamos vistos e consideradas.

Desejo que a Bahia e o Brasil enxergem nos como um ponto forte de arte e cultura e que a verba da lei Paulo Gustavo ajude a fazer crescer este territorio contemplando o setor audiovisual e musical da região tentando valorizar trabalhadores, as, da área.


   
ResponderCitar (Quote)
(@hewelin-fernandes)
Membro
Entrou: 1 ano atrás
Posts: 2
 

A Lei Paulo Gustavo é uma conquista da sociedade, principalmente dos trabalhadores da cultura. Por isso, nós quanto artistas que vivemos da cultura precisamos acompanhar e ter certeza que o processo municipal, Prefitura de Palmeiras, está sendo feito com transparência e com atenção. A Paulo Gustavo, é uma lei emergêncial e precisa chegar a todos, todas e todes de alguma maneira. É necessário que o edital municipal de Palmeiras possa estar de acordo com o que diz o estatuto da lei. Que o dinheiro seja partilhada de uma maneira justa, e reafirmo como está disposto na lei Paulo Gustavo. Por isso, a participação dos trabalhadores da cultura, que vivem a cultura no dia-dia é de suma importância. Lembrar que a cultura é diversa aqui em Palmeiras e sobretudo no Vale do Capão, povoado com uma imensa concentração de artistas. É preciso que no edital contemple todas as áreas da cultura, principalmente aquelas que já são realizadas na localidade. Espero que o Fórum de Cultura de Palmeiras aconteça para que os artistas possam opinar e serem ouvidos no que diz respeito a essa lei, e as outras que vão chegar. Também espero que a curadoria seja feita com transparência, e que a prefeitura busque formas para que esse processo seja de fato correto, buscando profissionais curadores de outras localidades, fazendo uma espécie de consórcio, com outros municípios, já que essa é uma questão que não só atinge Palmeiras, mas outras cidades. Essas são só alguns pontos que quero acrescentar neste fórum.                   

Este post foi modificado 1 ano atrás por Campo Criativo

   
ResponderCitar (Quote)
(@hewelin-fernandes)
Membro
Entrou: 1 ano atrás
Posts: 2
 

Inclusive, quero acrescentar que os curadores, que o grupo que irá selecionar os projetos seja formado por homens,mulheres,LGBTQI+, pessoas negras e indígenas, que possa assim ter olhar o mais diverso possível.   


   
ResponderCitar (Quote)
(@hugonau)
Membro
Entrou: 1 ano atrás
Posts: 2
 

Que todo o processo de gestão, elaboração e aplicação das Leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc II possa acontecer de forma transparente e construída com a participação da sociedade civil. Para isso é essencial um Conselho Municipal de Cultura representativo, eleito, atuante e fundamentalmente autônomo. Ainda não conseguimos isso em Palmeiras!


   
ResponderCitar (Quote)
(@isa-cardona)
Membro
Entrou: 1 ano atrás
Posts: 3
 

eu como musicista quero uma lei paulo gustavo que apoie o setor musical de palmeiras... incluindo produção de ep, albums, e gravação de singles, de composições autorais do municipio, pois é uma área que só com verba e apoio do estado pode ser desenvolvida. Registrar o que é criado no município valorizando e permitindo que em outras partes possa ser ouvido é um apoio que tem reverberação no tempo.


   
ResponderCitar (Quote)
(@fabio-menezes)
Membro
Entrou: 1 ano atrás
Posts: 1
 

Gostaria de ver mais espaços culturais com atividades abertas ao público e festivais de arte, cinema e música local. 

Eventos gratuitos para o público, financiados pelo município.


   
ResponderCitar (Quote)
(@valentinamaria)
Membro
Entrou: 1 ano atrás
Posts: 1
 

Gostaria de uma Lei Paulo Gustavo que beneficiase artistas das diferentes áreas artísticas e das diversas regiões do municipio. Fomentando o intercambio cultural entre os diferentes distritos do município, a multiplicação de saberes e o acceso a atividades culturais para comunidades mais afastadas.

Seria muito importante que o processo de recebimento e repasse das verbas por parte da prefeitura, seja absolutamente transparente e aberto.

Tivesse gostado também que, no processo de construção do plano, o município tivesse considerado as nossas vozes, como artistas e fazedores de cultura.


 


   
ResponderCitar (Quote)
(@marilianascimento)
Membro
Entrou: 9 meses atrás
Posts: 3
 

▶️EDITAL LEI PAULO GUSTAVO◀️


   
ResponderCitar (Quote)
Compartilhar: